segunda-feira, dezembro 03, 2007

VASCO X PARANA



38ª Rodada

Aleluia, acabou...

Dá-lhe Vascão.
Ae galera, foi uma boa despedida para este Brasileirão de 2007.
Enfim terminou este aborrecido campeonato, com a novidade a vir da zona baixa da tabela.
Como voces bem sabem, eu não gosto muito deste campeonato de pontos corridos, é chato, não é um molde que se adeque ao Brasil.
O que interessa é que já acabou, e agora que venha o GRANDE CARIOCA, isso sim é um campeonato, emoção, indefinição no resultado, e sempre espectaculo garantido.
Força Vascão, e vamos ser campeões Cariocas em 2008.



VASCO X PARANÁ



Ficha técnica:


VASCO 3 x 0 PARANÁ

Local: Estádio São Januário , no Rio de Janeiro (RJ).

Árbitro: Sérgio da Silva Carvalho (DF)
Assistentes: Enio Ferreira de Carvalho (DF) e Helberth Costa Andrade (MG).


VASCO:
Cássio; Wagner Diniz (Eduardo), Vilson, Luizão e Guilherme; Amaral (Conca), Thiaguinho, Leandro Bonfim (Perdigão) e Morais; Alan Kardec e Leandro Amaral.
Técnico: Valdir Espinosa


PARANÁ:
Gabriel; Leo Mattos (André Luiz), Neguette, Toninho e Paulo Rodrigues; Adriano (Lima), Goiano, Élvis (João Paulo) e Giuliano; Éverton e Josiel.
Técnico: Saulo de Freitas


Gols: Morais (VAS) aos 11min, Leandro Amaral (VAS) aos 21min e Leandro Amaral (VAS) aos 25min do segundo tempo.


Cartões Amarelos: N/A.

Cartões Vermelhos: Everton (PAR).

quinta-feira, novembro 29, 2007

CORINTHIANS X VASCO



37ª Rodada

Querias? Ficaste no querer...

Boas galera, o nosso Vascão deixou o Corinthians em maus lençóis.
Encheram o estádio pra fazer a festa em cima do Vasco mas as coisas não sairam da maneira que eles queriam.
O Vascão jogando sem pressão não é mole.
Mesmo não gostando muito da sul americana(nem da libertadores) acho que o Vascão conseguiu se classificar.
Só peço ao Eurico que renove com o Leandro, por favor, o Leandro é a cara do Vascão.
Abraços...



CORINTHIANS x VASCO

video

Ficha técnica:
CORINTHIANS 0 x 1 VASCO


Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo (SP).

Árbitro: Sérgio da Silva Carvalho (DF)
Assistentes: Marco Antônio Gomes (Fifa/MG) Milton Otaviano dos Santos (Fifa/RN).


CORINTHIANS:
Felipe; Fábio Ferreira, Fábio Braz e Betão; Amaral (Héverton), Bruno Octávio, Carlos Alberto (Vampeta), Lulinha e Everton Ribeiro; Bruno Bonfim (Wilson) e Arce.
Técnico: Nelsinho Baptista.

VASCO:
Cássio; Wagner Diniz, Jorge Luiz, Luizão e Guilherme; Thiaguinho, Amaral, Leandro Bonfim e Morais (Perdigão); Alan Kardec (Abuda) e Leandro Amaral.
Técnico: Valdir Espinosa.

Gols: Alan Kardec (VAS) aos 19min do segundo tempo.

Cartões Amarelos: Bruno Bonfim, Amaral (COR); Thiaguinho, Morais (VAS).

Cartões Vermelhos: N/A.

segunda-feira, novembro 12, 2007

FIGUEIRENSE X VASCO



36ª Rodada

De volta galera...

Pois é pessoal, estou finalmente de volta, e os gols do Vascão vão voltar em força.
Neste periodo de ausencia forçada do Blog as coisas não correram nada bem pro nosso Vascão, mas estas coisas do futebol são mesmo assim.
Contudo este ano ficou marcado pelo gol do Romario, o milésimo.
Não sei se foi bom ou mau, mas o que sei é que é um enorme orgulho ver o Baixinho ligado á historia do Vascão, esse é um trofeu que mais ninguem terá.
Está sendo um Brasileirão chato e sem muita emoção, talvez fosse melhor voltar aos moldes antigos para ver se isto animava.
Que termine este campeonatozinho de bosta e venha logo o GRANDE CARIOCA, isso sim é um campeonato emocionante.



FIGUEIRENSE x VASCO

video

Ficha técnica: FIGUEIRENSE X VASCO


Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC).

Árbitro: Sálvio Spínola (Fifa-SP)
Assistentes: Emerson Carvalho (SP) e Altemir Hausmann (Fifa-RS).


FIGUEIRENSE:
Wilson; Ruy (André Santos), Chicão, Asprilla e César Prates; Diogo, Carlinhos, Cleiton Xavier e Thiago Gentil (Jean Carlos); Fernandes (Peter) e Otacílio Neto
Técnico: Alexandre Gallo.

VASCO:
Cássio, Wagner Diniz, Jorge Luiz, Luisão e Rubens Júnior; Thiaguinho, Amaral, Leandro Bonfim e Dário Conca (Perdigão); Alan Kardec (Morais) e Leandro Amaral
Técnico: Valdir Espinosa.

Gols: Dário Conca, aos 41 minutos do primeiro tempo. Leandro Bonfim, aos seis, e Alan Kardec, aos 15 minutos do segundo tempo; Chicão, aos 20, Peter, aos 29, e Jean Carlos, aos 32 minutos do segundo tempo.

Cartões Amarelos: Asprilla e César Prates (Figueirense); Júlio Santos (no banco de reservas), Amaral, Conca e Leandro Bonfim (Vasco).

Cartões Vermelhos: N/A.

terça-feira, setembro 18, 2007

Temporariamente, Fora do Ar...



Devido a mais uma mudança de casa não estou conseguindo postar os gols do Vascão, espero retomar em breve.
Abraços a todos...

segunda-feira, setembro 03, 2007

FLUMINENSE X VASCO



23ªRodada

Clássico...

É isso ai galera, clássico é assim mesmo, não dá pra ganhar com aquela facilidade que desejamos.
É certo que fomos melhores, também é certo que tavamos em vantagem e com um pouco mais de concentração aquele cruzamento não tinha sido feito, aliás bastavam apenas 10 minutinhos, mas é isso, clássico é assim mesmo.
Continuo dizendo, o nosso Vascão está forte e vai chegar lá, o São Paulo vai ter que perder, e nós estaremos aqui na cola deles.
Maravilhosa foi a nossa torcida, enchendo o Maracanã, há muito tempo que não via o Maracanã tão bonito, falta de apoio não faltou á nossa equipa.
Que me perdoem os paulistas, mas eles partem sempre em vantagem em relação a nós, porque quando o assunto são os clássicos, os cariocas são os verdadeiros clássicos, não importa a equipa que tá melhor no momento, o resultado é sempre imprevisível, enquanto os clássicos Paulistas ganha sempre quem está melhor.
Vai ser muito difícil o São Paulo perder pro Santos, Corinthians, Palmeiras enquanto no Rio, não interessa se o Flamengo está mal ou não, um Vasco x Flamengo é sempre imprevisível, seja qual for a classificação das equipas.
Bom, mas também é por isso que o futebol carioca dá de 10 a 0 no paulista, né?
Viva o futebol carioca e acima de tudo viva o meu Vascão da Gama.



FLUMINENSE X VASCO

video

Ficha técnica: FLUMINENSE X VASCO


Local: Estádio Maracanã, Rio de Janeiro (RJ).

Árbitro: Djalma José Beltrami Teixeira (Fifa-RJ)
Auxiliares: Hilton Moutinho Rodrigues (Fifa-RJ) e Marcos Tadeu Peniche Nunes (RJ)


FLUMINENSE:
Fernando Henrique, Rafael (Cícero, 19'/2ºT), Thiago Silva, Luiz Alberto e Junior Cesar; Fabinho, Arouca, David (Soares, 19'/2ºT) e Thiago Neves; Rodrigo Tiuí (Alex Dias, intervalo) e Somália.
Técnico: Renato Gaúcho.

VASCO:
Silvio Luiz, Vilson, Jorge Luiz, Júlio Santos; Wagner Diniz, Amaral, Perdigão (Leandro Bomfim, 38'/2ºT), Conca e Guilherme; Marcelinho (Xavier, 30'/2ºT) e Leandro Amaral.
Técnico: Celso Roth.

Gols: Conca, 37'/1ºT (0-1); Cícero, 33'/2ºT (1-1).

Cartões Amarelos: Arouca, Thiago Silva, Fabinho (FLU); Conca, Wagner Diniz (VAS).

Cartões Vermelhos: N/A.

sexta-feira, agosto 31, 2007

VASCO X NÁUTICO



22ª Rodada

Goleada...

Até parece que foi fácil, mas para ser sincero fiquei com medo quando o Náutico empatou.
Estávamos com um jogador a menos, tínhamos marcado de penalti, e nos minutos seguintes ao gol do Náutico não estávamos a conseguir impor o nosso jogo.
Mas tudo acabou bem, é óbvio que tenho que enaltecer a força do grupo, eles lutaram até á exaustão.
Leandro Amaral foi mais uma vez enorme e o Conca tá duma maneira fora de serie, destaque hoje também para Marcelinho que lutou demais.
Consequência, o nosso Vascão sobe ao terceiro posto da tabela, com todo o merecimento e se vencermos o jogo em atraso as coisas vão ficar escaldantes.
Força Vascão...



VASCO X NÁUTICO

video

Ficha técnica:


VASCO 4 X 1 NÁUTICO


Local: Estádio São Januário , no Rio de Janeiro (RJ).


Árbitro:
Luiz Alberto Sardinha (GO)
Assistentes: Guilherme Camilo (MG) e Helberth Andrade (MG).



VASCO
Sílvio Luiz; Vílson, Jorge Luiz e Rubens Júnior; Wagner Diniz, Amaral, Andrade, Conca e Guilherme (Xavier); Abuda (Marcelinho) e Leandro Amaral (Alan Kardec)
Técnico: Celso Roth

NÁUTICO
Eduardo; Sidny, Onildo, Toninho e Júlio César; Daniel Paulista(Tales), Radamés(Fábio Saci), EliCarlos e Everaldo(Marcelinho); Geraldo e Ferreira
Técnico: Roberto Fernandes

Gols: Leandro Amaral aos 21 minutos do primeiro tempo; Marcelinho aos 11 minutos do segundo tempo; Marcelinho aos 28 e 45 e Rubens Júnior aos 43 minutos do segundo tempo.

Cartões Amarelos: Andrade(V) Radamés, Ferreira, Daniel Paulista, Onildo, Toninho e Elicarlo(N).

Cartões Vermelhos: Andrade(V) Onildo(N).

segunda-feira, agosto 27, 2007

SPORT x VASCO



21ª Rodada

Empate...

Pois é, empatamos esta noite na Ilha.
Não penso que tenha sido um mau resultado, bem pelo contrario.
O grande problema é que no campeonato Brasileiro sempre tem um time que dispara na frente, porque quanto a mim a campanha do Vascão tem sido muito boa, ir fora empatar na Ilha do Retiro não é um mau resultado.
Temos que manter a concentração dentro de São Januario e fora continuar não perdendo, e penso que será essa a chave do sucesso.
Quanto ao jogo, foi um jogo repartido e em que o grande protagonista acabou por ser o senhor arbitro, e pela negativa.
O penalti que ele deixou passar a favor do nosso Vascão é clarissimo e torna-se escandaloso ao não ser assinalado.
Dos penaltis mais claros que eu vi nos últimos tempos.
Paciência, é com isto que temos que contar a cada jogo...



SPORT X VASCO

video

Ficha técnica: SPORT 0 X 0 VASCO


Local: Estádio Ilha do Retiro, Recife (PE).

Árbitro: Washington José Alves de Souza (AM)
Auxiliares: Gilbert Ferreira Costa (AM) e Luis Cláudio Rodrigues Da Costa (AM).


SPORT:
Magrão, Igor, César, Durval, e Diogo; Everton (Rosembrick, 38'/2ºT), Júnior Maranhão, Romerito (Anderson Aquino, 15'/2ºT), e Dutra; Da Silva, e Carlinhos Bala.
Técnico: Geninho.

VASCO:
Silvio Luiz, Jorge Luiz, Julio Santos e Vilson (Roberto Lopes, intervalo); Wagner Diniz, Amaral, Perdigão (Andrade, intervalo), Conca e Rubens Júnior; Leandro Amaral e Abuda (Marcelinho, 28'/2ºT).
Técnico: Celso Roth.

Gols: N/A.

Cartões Amarelos: Vilson, Perdigão, Julio Santos, Rubens Júnior, Conca (VAS); Romerito, Igor, Everton, César (SPT).

Cartões Vermelhos: Júlio Santos (VAS - 48/2ºT).

segunda-feira, agosto 20, 2007

VASCO X AMÉRICA-RN



20ª Rodada

Cada vez mais alto...

Vibrante ver o São Januário cheio de torcedores e de entusiasmo.
Na minha opinião neste momento, o Vascão é como uma avalanche, e agora mais ninguém nos consegue fazer parar.
Se o time joga bem, é uma vantagem, mas quando isso é acrescido com um entusiasmo e uma crença tão grande vinda da torcida, o resultado dessa união só pode dar titulo de Campeão.
Não há duvida que estamos fortíssimos, e com a torcida a empurrar desta maneira nada nem ninguém nos vai para.
Quanto ao jogo de hoje, tivemos uma equipa a jogar futebol, a sua torcida a empurrar e dentro de campo estava outro time, mas perante o entusiasmo e a atmosfera daquele lugar, esse segundo time apenas fez papel de figurante.
Força vascão...



VASCO X AMÉRICA-RN



Ficha técnica:


VASCO 2 x 0 AMÉRICA-RN


Local: Estádio São Januário , no Rio de Janeiro (RJ).


Árbitro:
Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Luiz Roberto Porto Guaranha e José Antônio Chaves Franco Filho (ambos do RS)



VASCO
Silvio Luiz; Vilson, Julio Santos e Jorge Luiz; Wagner Diniz, Amaral, Perdigão (Andrade), Conca (Marcelinho) e Rubens Júnior; Enilton (Abuda) e Leandro Amaral
Técnico: Celso Roth

AMÉRICA-RN
Gléguer; Carlos Eduardo, Robson e Cris; Robson Lopes, Reinaldo (Wendes), Adãozinho, Paulo Isidoro, Leandro Sena e Berg (Marcos Mossoró); Beá (Geovane)
Técnico: Marcelo Veiga

Gols: Leandro Amaral, aos 40min do primeiro tempo; Leandro Amaral, aos 31min do segundo tempo.

Cartões Amarelos: Reinaldo (A), Cris (A), Julio Santos (V), Abuda (V), Leandro Sena (A).

Cartões Vermelhos: N/A.

sexta-feira, agosto 17, 2007

ATLÉTICO-PR X VASCO



Fase Préliminar - Brasil

Enorme...


A resposta dos verdadeiros Campeões...
É isso ai Vascão, esta era a resposta necessária para colmatar o menos bom resultado verificado na Vila Capanema.
Fomos simplesmente vencer onde ainda nunca tínhamos vencido.
Difícil aquela Arena da Baixada, é certo que são sempre grandes jogos mas também é certo que os resultados tinham sido sempre negativos.
De enaltecer, é que foi na verdade o segundo time do Vasco, mesmo que o Celso venha com demagogias, que aliás são perfeitamente normais, este era o segundo time do Vasco e isso ainda nos dá mais razões para ficarmos optimistas, porque todos sabemos que o Brasileirão é uma competição enorme e em conjunto com a Copa Sul-Americana tornam-se competições muito cansativas, mas com um elenco destes, só temos razões para estarmos descansados.
Força Vascão.


ATLÉTICO-PR X VASCO


Video 160
Colocado por rangel1906



Ficha técnica: ATLÉTICO-PR 2 X 4 VASCO


Local: Estádio Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Árbitro: Wilson Seneme (SP)
Auxiliares: Ednilson Corona (SP) e Valter José dos Reis (SP).


ATLÉTICO-PR:
Viáfara; Nei, Danilo, Rodolpho e Edno; Valencia, Roberto (Alan Bahia), Netinho (Ramon) e Ferreira; Marcelo e Dinei (Pedro Oldoni)
Técnico: Antonio Lopes

VASCO:
Silvio Luiz; Eduardo, Jorge Luiz, Julio Santos e Rubens Júnior; Amaral, Andrade (Vilson), Roberto Lopes e Marcelinho (Perdigão); Enílton e Abuda (Conca)
Técnico: Celso Roth

Gols: Dinei, aos 23min, Rubens Júnior, aos 32min e Abuda aos 38min do primeiro tempo; Andrade, aos 20min, Conca, aos 35min e Alan Bahia, aos 41min do segundo tempo.

Cartões Amarelos: Nei (A), Danilo (A), Rubens Júnior (V), Roberto Lopes (V), Ramon (A) e Amaral (V).

Cartões Vermelhos: N/A.

domingo, agosto 12, 2007

PARANÁ X VASCO



19ª Rodada

Empate...


O nosso Vascão anda a habituar-nos muito mal.
Na minha memoria bem recente, tenho os últimos Campeonatos Brasileiros, que temos que ser sinceros, tem sido um sufoco, e onde empates na Vila Capanema eram bons resultados.
Hoje vivemos uma realidade bastante diferente e este empate teve sabor amargo, visto que o nosso Vascão vinha embalado de grandes resultados, mas nestas coisas do futebol isto é mesmo assim.
Como já falei por varias vezes aqui no Blog, os Campeões não são aqueles que ganham quando tudo esta a seu favor, mas sim aqueles que se levantam depois de resultados menos bons.
Vamos aguardar e ver como vai ser a reacção do nosso Vascão.
Eu tenho total confiança no time...


PARANÁ X VASCO




Ficha técnica: PARANÁ 0 X 0 VASCO


Local: Estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR)

Árbitro: Carlos Eugênio Simon (RS)
Assistentes: Paulo Ricardo Silva Conceição (RS) e Marcelo Bertanha Barison (RS).


PARANÁ:
Flávio (Gabriel); Neguette, Nem (Jefferson) e Luis Henrique; Léo Mattos, Goiano, Beto, Renan (Lima) e Márcio Careca; Vinícius Pacheco e Vandinho
Técnico: Gilson Kleina

VASCO:
Silvio Luiz; Vilson, Julio Santos e Jorge Luiz; Wagner Diniz (Eduardo), Amaral, Perdigão, Conca e Guilherme; Leandro Amaral (Abuda) e Alan Kardec (Enílton)
Técnico: Celso Roth

Gols: N/A.

Cartões Amarelos: Neguette (P), Leo Mattos (P), Nem (P), Vilson (V) e Vandinho (P).

Cartões Vermelhos: N/A.

sexta-feira, agosto 10, 2007

VASCO X CORINTHIANS



Brasileirão 2007, 18ª Rodada

ARRASADOR...

Forte, está muito forte o nosso Vascão, bem sei que estou a passar pela fase da euforia, que nestes casos não tem como ser evitada, e temos que ter sempre em conta que hoje se ganha e amanha se perde, mas o que é certo é que estou a sentir um Vasco muito forte, tão forte como aquele que venceu o ultimo Brasileirão.
Ainda todos os times vão perder muitos pontos, é uma realidade, mas sinto sem duvida que o nosso Vascão vai com certeza ser um dos que vai perder menos e as contas vão ser feitas no final, e por este andar o Vascão está muito bem posicionado para vencer este titulo.
Hoje só tenho elogios, Wagner Dinis, Leandro Amaral, Conca, Perdigão, este ultimo, sem duvida a melhor contratação do Vasco nos últimos tempos, é uma força imensa que não vai ter como parar, e até a nossa torcida está a fazer o seu papel e a apoiar e a acreditar acima de tudo neste elenco.
O Vasco conseguiu entrar num ritmo que vai ser muito difícil de ser travado.
VAAAASSSCCCCOOOOOOOO....



VASCO X CORINTHIANS



Ficha técnica:


VASCO 2 x 0 CORINTHIANS


Local: Estádio São Januário , no Rio de Janeiro (RJ).


Árbitro:
Sérgio da Silva Carvalho (DF)
Assistentes: Ênio Ferreira e Eremilson Xaiver Macedo (ambos do DF).



VASCO
Sílvio Luiz, Vilson (Roberto Lopes), Jorge Luiz e Júlio Santos; Wagner Diniz, Amaral, Perdigão, Dário Conca e Guilherme (Eduardo); Alan Kardec (Enílton) e Leandro Amaral
Técnico: Celso Roth

CORINTHIANS
Felipe; Edson (Eduardo Ratinho), Fábio Ferreira, Zelão e Carlão; Ricardinho, Vampeta, Gustavo Nery (Carlos Alberto) e Willian; Everton Santos (Dentinho) e Clodoaldo
Técnico: Paulo César Carpegiani

Gols: Wagner Diniz, aos 23 minutos do primeiro tempo, e Enílton, aos dez do segundo.

Cartões Amarelos: Jorge Luiz (Vasco). Eduardo Ratinho, Fábio Ferreira e Zelão (Corinthians).

Cartões Vermelhos: N/A.

segunda-feira, agosto 06, 2007

VASCO X FIGUEIRENSE



Brasileirão 2007, 17ª Rodada

Jogo de Campeonato...


Mais um pontinho na raça...
É isso ai galera, hoje a sorte não esteve do nosso lado, mas nada de preocupações, este campeonato é uma prova de regularidade e este pontinho ganho hoje na raça foi uma justificativa para essa regularidade que é necessária.
Mais uma vez fomos melhores, aliás muito melhores, só que a sorte ás vezes é madrasta, put.. q. par... aquele remate do cara do Figueira nem ia em direção ao gol do Silvio, depois de sofrer aquele desvio, involuntário, na cabeça do outro jogador ela foi direitinha no ângulo, assim é fod...
Mas é isso, continuamos na luta e no finalzinho na conversão de um penalty que não sofre contestação, foi mais claro que a água, o nosso Leandro Amaral, frio que nem uma pedra de gelo, bateu de forma irrepreensível não dando a mínima chance ao goleiro do Figueira, o Leandro não tremeu diante da responsabilidade e isso foi mais um acto de grandeza.
Força Vasco, rumo ao Brasileirão...


VASCO x FIGUEIRENSE



Ficha técnica:


VASCO 2 x 2 FIGUEIRENSE


Local: Estádio São Januário , no Rio de Janeiro (RJ).


Árbitro:
Clever Gonçalves (MG)
Assistentes: Marco Antônio Gomes (Fifa-MG) e Guilherme Camilo (MG).



VASCO
Sílvio Luiz; Vílson, Júlio Santos e Rubens Júnior; Wagner Diniz, Amaral, Perdigão, Dário Conca e Guilherme (Enílton); Alan Kardec (Ernane) (Marcelinho) e Leandro Amaral
Técnico: Celso Roth


FIGUEIRENSE
Wilson; Edson, Felipe Santana e Chicão; Anderson Luiz (César Prates), Diogo, Cleiton Xavier, Peter e André Santos; Jean Carlos (Ramón) e Otacílio Neto (Alexandre)
Técnico: Mário Sérgio

Gols: Júlio Santos aos 35 minutos do primeiro tempo; Leandro Amaral aos 47 minutos do segundo tempo; André Santos aos 43 minutos do primeiro tempo; Peter aos nove minutos do segundo tempo.

Cartões Amarelos: Rubens Júnior, Perdigão, Wagner Diniz (Vasco); André Santos, Cleiton Xavier, Chicão (Figueirense).

Cartões Vermelhos: André Santos (Figueirense).

quinta-feira, agosto 02, 2007

INTERNACIONAL X VASCO


Brasileirão 2007, 16ª Rodada

Imperial...


Grandiosa vitória hoje no Beira Rio, fomos melhores, aliás, somos melhores.
Foi um jogo em tudo idêntico ao do Palestra Itália há duas semanas atrás, mas com uma pequena/grande diferença, seguramos o 2 a 0 até ao intervalo.
Começamos bem, maior posse de bola, melhores transições defesa/ataque, circulação e toque de bola de bom nível, o que não foi surpresa a chegada dos gols do Alan e do Leandro. Tudo igual ao jogo do Palmeiras, mas com o detalhe de ter segurado o placar sem sofrer gols no primeiro tempo.
A partir daí é fácil, nós sabemos que um time perdendo de 2 a 0 tem que vir para o segundo tempo tentar virar o jogo, ainda mais jogando em casa, mas conseguindo segurar os primeiros 10 a 15 minutos iniciais, o jogo fica ganho, isto é simples, aliás, o futebol é simples, o difícil mesmo é chegar á vantagem, o que neste caso o Vasco tem feito como foi no Palestra e também no Mineirão, se bem que neste ultimo o arbitro ajudou o Cruzeiro, e de que maneira...
Agora é manter a calma, não entrar em euforias, manter São Januário temido e tentar a continuação destes espetáculos fora de casa, ou o empate que seja, já será ótimo.
Na noite de hoje nota de destaque para Alan Kardec, parece que vai vir aí outro Jardel, tomara, e também para Perdigão que quanto a mim foi a melhor aquisição do Vasco para este ano.
Dá-lhe Vascão...

INTERNACIONAL X VASCO




Ficha técnica: INTERNACIONAL 0 X 2 VASCO


Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Árbitro: Sálvio Spínola (Fifa-SP)
Assistentes: Válter José dos Reis (Fifa-SP) e Nilson Monção (SP).


INTERNACIONAL:
Clemer; Diego Bottin(Wellington Monteiro), Índio, Hidalgo, Magal; Roger(Christian), Edinho, Pinga(Luciano Henrique) e Alex; Iarley e Alexandre Pato
Técnico: Alexandre Gallo.

VASCO:
Sílvio Luiz; Jorge Luiz, Júlio Santos e Vílson; Wagner Diniz(Thiago Maciel), Roberto Lopes, Perdigão, Dário Conca(Marcelinho) e Rubens Júnior; Alan Kardec(Júnior) e Leandro Amaral
Técnico: Celso Roth.

Gols: Alan Kardec, aos 30, e Leandro Amaral, aos 37 minutos do primeiro tempo.

Cartões Amarelos: Diego Bottin, Clemer, Alex e Edinho (Internacional); Roberto Lopes (Vasco).

Cartões Vermelhos: N/A.

domingo, julho 29, 2007

VASCO x GOIÁS


Brasileirão 2007, 15ª Rodada

Assim, sim...


Boas galera...
Grande resposta do nosso Vascão ao “desaire” sofrido no Palestra.
No São Januário tudo fica mais fácil, e as coisas correm de forma arrasadora.
Importantíssima esta vitória e principalmente esta exibição, porque a derrota do jogo anterior, da forma como aconteceu, poderia ter deixado marcas, mas isso não aconteceu, o nosso Gigante entrou em campo com alma renovada e não teve dificuldade para despachar o Goiás. Talvez tenha ai o dedo do nosso técnico e também do nosso Eurico.
Sobre o jogo, foi isso mesmo, arrasador mais uma vez e de uma vez por todas o São Januário está a tornar-se muito temido pelos adversários.
Leandro Amaral continua esbanjando categoria, e Vagner Dinis, minha Nossa Senhora, o que está a jogar esse rapaz...
Força Vascão, Rumo ao Brasileirão...

VASCO x GOIÁS



Ficha técnica:


VASCO 4 x 1 GOIÁS


Local: Estádio São Januário , no Rio de Janeiro (RJ).


Árbitro:
Wílson Luiz Seneme/SP (FIFA)
Assistentes: Ednilson Corona/SP (FIFA) e Emerson Augusto de Carvalho/SP.



VASCO
Sílvio Luiz, Jorge Luiz, Vilson e Júlio Santos (Ernane); Wagner Diniz, Amaral, Perdigão (Júnior), Darío Conca e Rubens Júnior (Guilherme); Leandro Amaral e Alan Kardec.
Técnico: Celso Roth.


GOIÁS
Harlei, Leonardo, Paulo Henrique (André Leone) e Amaral; Fábio Bahia, Cléber Gaúcho, Paulo Baier, Élson (Vítor) e Diego; Felipe e Fabrício Carvalho (Fábio).
Técnico: Paulo Bonamigo.

Gols: Amaral aos 41 minutos do 1º tempo, Diego a minuto, Vilson aos 35 e Leandro Amaral aos 36, e Alan Kardec aos 41 minutos do 2º tempo.

Cartões Amarelos: Rubens Júnior e Amaral (Vasco); Felipe e Amaral (Goiás).

Cartões Vermelhos: Leonardo (Goiás) aos 30 minutos do 2º tempo.

quinta-feira, julho 26, 2007

PALMEIRAS X VASCO


Brasileirão 2007, 14ª Rodada

Vergonhoso...

Derrota vergonhosa...
Mas como é que isto pode acontecer.
Pra começar, deixo aqui bem claro que na minha opinião temos uma excelente equipa, e que acredito fortemente numa grande campanha no Brasileirão deste ano.
Se é um facto que estamos bem neste Brasileiro, estamos jogar um bom futebol, não podemos de maneira nenhuma dar um tiro no próprio pé, tem que haver concentração e temos que olhar para nós próprios e dizer, realmente somos melhores e vamos vencer.
Mas hoje foi horrível de mais, aconteceu tudo o que não pode acontecer e da forma mais absurda.
Nunca se pode perder um jogo depois de uma vantagem de 2 a 0, só nós podemos virar jogos dessa forma.
A derrota começou ao levar o gol do Palmeira ainda no primeiro tempo, não pode, faltavam pouquíssimos minutos para o intervalo, tinham que dar pancada, chutar para fora do estádio sei lá, era fundamental naquela altura ir para o descanso com uma vantagem de 2 gols.
Da segunda parte nem vale a pena falar, totalmente desastrada, até a substituição do M. Garcia pelo Henrique, muito má opção naquele momento.
O que mais me deixa doido é que nós somos melhores do que eles, jogamos melhores e inclusive estávamos melhor no jogo e entregamos a vitória contra dez jogadores sem explicação para tal, é que eles nem mérito tem na maneira como ganharam, nós é que lhe oferecemos a vitória de mão beijada.
Estou envergonhado...

Ah, só mais uma coisa...
Eu as vezes até concordo que as políticas do Eurico possam ser prejudiciais ao nosso Vascão e até gostaria de ver outro presidente como por exemplo o Roberto Dinamite, até porque, não sou a favor de mandatos muito longos seja ele em qualquer sector da sociedade, mas de uma coisa tenho a certeza, é de que o nosso Eurico vai dar uma dura nos jogadores e isso não acontece com outros clubes e deixará de acontecer quando tivermos outro presidente, porque o Eurico tem estatuto para dar duras e ser levado a sério, impõe respeito.




Ficha técnica: PALMEIRAS 3 X 2 VASCO


Local: Estádio Palestra Itália (São Paulo)

Árbitro: Evandro Rogério Roman (PR)
Assistente nº1: Roberto Braatz (FIFA/PR) e Aparecido Donizatti Santana (PR).


PALMEIRAS:
Diego Cavalieri; Nem, Gustavo, David (Makelele) e Wendel; Pierre, Martinez (Luiz Henrique), Valdívia e Leandro; Edmundo (Valmir) e Max.
Técnico: Caio Júnior.

VASCO:
Sílvio Luiz; Jorge Luiz, Júlio Santos e Vílson; Wágner Diniz (Thiago Maciel), Amaral, Perdigão (Júnior), Darío Conca e Rubens Júnior; Martín Garcia (Ernane) e Leandro Amaral.
Técnico: Celso Roth.

Gols: Rubens Júnior aos 18, Leandro Amaral aos 21 e Valdívia aos 35 minutos do 1º tempo; Nem aos 36 e Luiz Henrique aos 41 minutos do 2º tempo.

Cartões Amarelos: Edmundo e Valdívia (Palmeiras); Perdigão, Martín García e Sílvio Luiz (Vasco).

Cartões Vermelhos: Makelele aos 21 minutos do 2º tempo.

sábado, julho 21, 2007

VASCO X ATLÉTICO-MG


Brasileirão 2007, 13ª Rodada

Quem vem lá...


Galera, mais um final de semana com Brasileirão no Rio de Janeiro durante o Pan-Americano.
É verdade, só possível quando o Vasco tem o mando de campo porque os outros tristes têm que ir jogar lá bem longe, e olha que era uma boa ideia, o Fla, o Flu e o Bota saírem do Rio de Janeiro, gostei dessa ideia.
Bom, vamos ao jogo, jogo não, festival, São Januário a cada dia que passa fica mais temido, o nosso Vascão está impossível.
O galo aguentou até onde deu, depois de entrar a primeira foi literalmente depenado.
O nosso "diamante negro" caiu que nem uma luva no nosso elenco, Conca já se soltou e sobe de forma a cada dia que passa, e o nosso artilheiro, já não tenho mais palavras para descrever o enorme jogador que ele é.
Reparem na humildade do Leandro Amaral, quando é preciso ele abdica de ser artilheiro e joga em prol da equipa, hoje ele serviu os colegas com bandeja de prata, foi só encostar para as redes.
Leandro Amaral ETERNO...

VASCO X ATLÉTICO-MG




Ficha técnica:


VASCO 4 x 0 ATLÉTICO-MG


Local: Estádio São Januário , no Rio de Janeiro (RJ).


Árbitro:
José Henrique de Carvalho (SP)
Assistentes: Evandro Silveira e Márcio Luiz Augusto (ambos de SP).



VASCO
Sílvio Luiz; Jorge Luiz, Júlio Santos e Dudar(Roberto Lopes); Wagner Diniz, Amaral, Perdigão(Júnior), Conca e e Rubens Júnior; Martín García(Allan Kardec) e Leandro Amaral
Técnico: Celso Roth

ATLÉTICO-MG
Diego; Marcos, Lima e Vinícius; Cláudio(Serginho), Rafael Miranda, Bilu(Paulo Henrique), Marcinho e Thiago Feltri; Danilinho e Galvão(Éder Luiz)
Técnico: Zetti

Gols: Martin Garcia aos seis e aos 24 minutos do segundo tempo; Allan Kardeck aos 42 e Dario Conca aos 46 minutos do segundo tempo.

Cartões Amarelos: Amaral(Vasco); Vinicius, Bilu, Galvão, Lima(Atlético-MG)

Cartões Vermelhos: Lima(Atlético-MG).

quinta-feira, julho 12, 2007

VASCO X ATLÉTICO-PR


Brasileirão 2007, 11ª Rodada

Com o Coração...


Vitória...
Valeu galera, desta vez não foi nada fácil, parecia que o azar não ia largar o nosso pé, mas o Leandro Amaral, Gênio, o nosso artilheiro deu um pontapé, neste caso uma cabeçada no azar e ganhamos o jogo.
Vitória conseguida com o coração, quando faltam as força e tudo parece perdido o nosso Vascão vai lá no fundo e com o coração busca a vitória pra nossa alegria.
Valeu Leandro, nota 10...


VASCO X ATLÉTICO-PR




Ficha técnica:


VASCO 1 x 0 ATLÉTICO-PR


Local: Estádio São Januário , no Rio de Janeiro (RJ).


Árbitro:
Cléber Wellington Abade (SP)
Assistentes: Márcio Luiz Augusto e Giovani Canzian (ambos de SP).



VASCO
Silvio Luiz; Jorge Luiz, Dudar e Júlio Santos; Wagner Diniz(Thiago Maciel), Amaral, Perdigão, Conca, Ernane(Martim Garcia) e Guilherme(Rubem Júnior); Leandro Amaral
Técnico: Celso Roth

ATLÉTICO-PR
Guilherme; Danilo, Gustavo e Alex Fraga; André Rocha(João Leonardo), Erandir, Kaio(Valber), Ferreira e Michel(Chico); Marcelo Macedo e Dinei
Técnico: Antônio Lopes

Gols: Leandro Amaral aos 40 minutos do segundo tempo.

Cartões Amarelos: Guilherme e Conca(V); Ferreira(AP).

Cartões Vermelhos: N/A

sábado, julho 07, 2007

JUVENTUDE X VASCO


Brasileirão 2007, 10ª Rodada

Novo tropeço fora de portas...

Derrota chata...
É sempre uma carga de trabalhos, jogar em Caxias do Sul e desta vez não foi diferente.
O Vascão não fez uma boa actuação, contudo penso que também não merecia a derrota, talvez o empate seria o resultado mais justo, mas a sorte não anda virada para o nosso lado, sempre que ganhamos tem que ser na raça.
Sorte essa que bafejou de novo o adversário, já que os gols só apareceram no ultimo quarto de hora, numa altura onde já todos estavam a pensar no 0 x 0.
Nada de preocupante galera, temos que continuar a nossa caminhada.
Força Vascão...






Ficha técnica: JUVENTUDE 2 X 0 VASCO


Local: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)

Árbitro: Sálvio Spínola (Fifa-SP)
Assistentes: Marinaldo Silvério e Marcelino Brito Neto (ambos de SP)


JUVENTUDE:
Michel Alves; Barão(James), Wescley, Leonardo Silva e Zé Rodolpho; Marcão, Júlio César, William e Renato; Michel(Gilvan) e Éber(Ivo)
Técnico: Flávio Campos

VASCO:
Sílvio Luiz; Jorge Luiz, Júlio Santos e Dudar; Wagner Diniz, Amaral, Roberto Lopes(Martin Garcia), Rafael(Perdigão), Conca(Ernane) e Guilherme; Leandro Amaral
Técnico: Celso Roth

Gols: Marcão aos 30 minutos e Renato aos 44 minutos do segundo tempo.

Cartões Amarelos: Marcão, Leonardo Silva(J); Dudar, Júlio Santos(V).

Cartões Vermelhos: N/A.

quarta-feira, julho 04, 2007

VASCO X SANTOS


Brasileirão 2007, 9ª Rodada

Sem Chances...


Olá pessoal...
Pois é galera, teve jogo do Brasileirão no Rio de Janeiro, coisa raríssima durante o Pan-Americano, já que isso só é possível quando o Vasco tem jogo em casa ou então quando o Voltaço decide emprestar o seu estádiozito ao "TRISTES".
Tristes mesmo, eu imagino como deve ser chato não ter um estádio para jogar, muita sorte tem eles, porque se fosse na Europa, não podiam ser inscritos em competições oficiais na 1ª e 2ª divisões, ou seja, resultados práticos teria que haver Fla-Flu, Flu-Bota, Fla-Bota, etc na Serie C do Brasileirã.
É realmente muito triste.
Bem vamos ao que interessa, hoje de volta a São Januário e de volta a goleada, o Vascão em casa está impossível.
Estou bastante grato por o Celso ter metido o Conca de início, como eu tinha falado, na semana passada.
Este jogo quanto a mim foi o reflexo do jogo anterior, onde eu disse que tínhamos perdido o jogo, mas ganho uma equipa, e hoje sem duvida tivemos uma verdadeira equipa em campo, e quando assim é...
Saiam da frente, que lá vem Vascão...


VASCO X SANTOS




Ficha técnica:


VASCO 4 x 0 SANTOS


Local: Estádio São Januário , no Rio de Janeiro (RJ).


Árbitro:
Paulo Henrique Bezerra (SC)
Assistentes: Claudemir Maffessoni e Fernando Lopes (ambos de SC).



VASCO
Silvio Luiz; Jorge Luiz, Vilson (Júnior) e Rubens Júnior; Wágner Diniz, Roberto Lopes (Thiaginho), Amaral, Conca, Rafael (Ernane) e Guilherme; Leandro Amaral
Técnico: Celso Roth

SANTOS
Fábio Costa; Adaílton, Ávalos e Marcelo (Vitor Júnior); Alessandro, Adriano, Rodrigo Souto, Rodrigo Tabata e Dionísio; Wesley (Marcos Aurélio) e Moraes (Jonas)
Técnico: Wanderley Luxemburgo

Gols: Conca, aos 21 minutos do primeiro tempo e 25 minutos do segundo tempo; Wágner Diniz, aos 37 minutos do segundo tempo; Ernane, aos 42 minutos do segundo tempo.

Cartões Amarelos: Rubens Junior, Júnior (Vasco); Marcelo, Dionísio (Santos) .

Cartões Vermelhos: N/A

domingo, julho 01, 2007

CRUZEIRO x VASCO


Brasileirão 2007, 8ª Rodada

Um verdadeiro Artista...

Olá pessoal...
A foto que eu tinha pensado por aqui do lado direito era a do nosso atacante Martin Garcia, porque acho que ele foi o destaque do Vasco devido ao seu espírito lutador.
Contudo não posso deixar de colocar em destaque aquele que foi a figura do jogo.
O homem conseguiu, foi difícil mas o homem conseguiu, ele empurrou o Cruzeiro pra cima do Vasco desde o início do jogo, compensando com faltas insignificante a favor do Vasco e deixando de apitar faltas perigosas evitando os cartões que dariam expulsão a jogadores do Cruzeiro, é claro que ele viu perfeitamente que se os times tivessem com o mesmo número de jogadores o timinho do Cruzeiro nunca ganharia o jogo e a haver um vencedor, seria com certeza o Vasco.
Quanto ao jogo, JOGADO, os cruzeirenses pensam que ganharam o jogo, tudo bem os três pontos eles ganharam, mas quem ganhou verdadeiramente fomos nós, HOJE GANHAMOS UMA EQUIPA, o que muitas vezes é muito melhor do que ganhar joguinhos insignificantes.
O nosso time hoje deixou-me bastante orgulhoso pela luta e a bravura demonstradas.
O nosso goleiro Sílvio Luís foi enorme, a nossa zaga jogou com muita coragem, no meio de campo estivemos muito bem, onde aproveito para deixar um apelo que é pedir a presença como titular do Conca, ele joga muito, e lá na frente o incansável guerreiro Martin Garcia, ele é um verdadeiro lutador, hoje deu tudo o que tinha e o que não tinha.
Tenho a certeza que este time com as entradas de Abedi, Morais e o Leandro Amaral ao lado do Martin Garcia ainda vai dar muito que falar neste Brasileirão.
Até porque, como se costuma dizer em Portugal "a procissão ainda vai no adro".
Saudações Vascainas a todos...






Ficha técnica: CRUZEIRO 3 x 1 VASCO


Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Lourival Dias Lima Silva (BA)
Auxiliares: Kleber Moradillo da Silva (BA) e Adson Marcio Lopes Leal (BA)


CRUZEIRO:
Gatti, Mariano, Thiago Heleno, Hérick e Fernandinho; Renan (Léo Silva, 23'/2°T), Ricardinho (Guilherme, intervalo), Charles e Leandro Domingues (Wagner, intervalo); Roni e Araújo.
Técnico: Dorival Júnior.

VASCO:
Silvio Luiz, Jorge Luiz, Dudar e Júlio Santos; Wagner Diniz, Roberto Lopes, Thiaguinho, Marcelinho (Rafael, 29'/2°T), Conca (Ernane, 33'/2°T) e Guilherme; Martin García (Alan Kardec, 38'/2°T).
Técnico: Celso Roth.

Gols: Martin García, 9'/1ºT (0-1); Roni, 29'/1°T (1-1); Wagner, 43'/2°T (2-1); Guilherme, 47'/2°T (3-1).

Cartões Amarelos: Mariano, Renan, Guilherme, Thiago Heleno (CRU); Martin García, Julio Santos (VAS).

Cartões Vermelhos: Dudar, 28'/1°T (VAS)